Você está aqui: Página Inicial / Pessoas / Ricardo Ribenboim

Ricardo Ribenboim

É especialista em planejamento e gestão de projetos culturais. Em 1996, dirige o Paço das Artes de São Paulo e, ainda em 96, assume a direção do Instituto Itaú Cultural até maio de 2002 e em seguida funda a Base7 Projetos Culturais. Consultor do The Museum of Fine Arts Houston, Vice Presidente do Instituto Frans Krajberg de Arte e Meio Ambiente, membro dos Conselhos do Instituto Arte na Escola, do Centro de Cultura Judaica, do Museu Lasar Segall, entre outros.

Estudou arquitetura, artes plásticas, design e administração mercadológica. Trabalha como designer gráfico durante 30 anos, destacando-se pela criação de diversos projetos gráficos, editoriais e de identidade visual. Investiga os limites entre o design gráfico e as artes visuais, o que se reflete, em seus trabalhos, na utilização de diferentes materiais e suportes, tanto físicos como eletrônicos.  

 

Participa em 1974 da Bienal Nacional de São Paulo, em 2000 da 7ª Bienal de Havana, em 2000 do Open Air Veneza e em 2001 dos 50 Anos da Bienal Internacional de São Paulo. Realiza intervenções urbanas no Brasil e no exterior, destacando-se o trabalho Bólides Marinhos, na Praia de Ipanema na ECO-92, e um conjunto de 4 intervenções no projeto Arte Cidade 3. É responsável pela concepção de uma série de mostras de arte. Em 1998, realiza a primeira curadoria internacional de WEB-Art, na 24ª Bienal Internacional de São Paulo. Entre 1999 e 2003 realiza exposições  individuais em Berlim, São Paulo, Rio de Janeiro, Miami e New York [P. S. 1 Contemporary Art Center do MoMA e na Martinez Gallery] . Em 2004, Salvador BA, apresentação instalação na capela do Solar do Unhão, no Museu de Arte Moderna da Bahia.  Também em 2004 é um dos vencedores do 5º Prêmio Sérgio Motta. Participa em 2005 da 1ª Bienal Internacional de Arte Contemporânea da Romênia.

 

registrado em: