Você está aqui: Página Inicial / Pessoas / Suely Rolnik

Suely Rolnik

Suely Rolnik

Suely Rolnik, psicanalista, crítica de arte e de cultura e curadora, é Professora Titular da PUC-SP, fundadora e ex-coordenadora do Núcleo de Estudos da Subjetividade no Pós-Graduação de Psicologia Clínica. Atualmente é docente convidada do Programa de Estudios Independientes do Museu d’Art Contemporani de  Barcelona. Foi docente convidada do Master Oficial en Historia del Arte Contemporáneo y Cultura Visual, Universidad Autónoma de Madrid e Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (2008-2009) e pesquisadora convidada pela Fondation de France no Institut National de l'Histoire de l'Art (INHA), em 2007. Desde 2007, participa da Rede Conceptualismos del Sur, composta por 54 pesquisadores de toda América Latina, que se dedica às práticas artísticas ditas conceituais dos anos 1960-70 no continente.

Viveu dez anos em Paris (1970-79), onde diplomou-se em Filosofia e Ciências Sociais em Paris VIII, e em Psicologia (com Mestrado e tese de D.E.S.S, cujo tema foi Lygia Clark) em  Paris VII; e obteve formação em Análise e Psicoterapia Institucional. De volta ao Brasil, doutorou-se em Psicologia Social pela PUC-SP (1988). Seu principal campo de pesquisa são as políticas de subjetivação na atualidade, tratadas de uma perspectiva transdisciplinar, tendo privilegiado, desde os anos 1990, a arte contemporânea em sua interface com a política e a clínica. Criadora de um projeto de pesquisa e construção de memória sensível sobre a obra de Lygia Clark e seu contexto, no qual realizou com 65 filmes de entrevistas no Brasil, na França e nos EUA. O arquivo teve vários desdobramentos: foi o nervo central de uma exposição da obra de Lygia Clark da qual Rolnik foi curadora e editora do catálogo com C. Diserens (Somos o molde. A você cabe o sopro. Lygia Clark, da obra ao acontecimento,  Musée de Beaux-arts de Nantes, 2005, e Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2006); exposições de partes do próprio arquivo vem sendo realizadas em vários países; a legendagem de todos os filmes será produzida em inglês (pela Tate Modern) e em espanhol  (por um pool de museus da América Latina e da Espanha) para incorporar o arquivo a seus respectivos acervos; por fim, uma caixa com 20 DVDs e um livreto serão em breve lançados no Brasil (Cinemateca e SESC) e na França (Ministere de la Culture e Carta Branca).
  
Autora entre outros, de Cartografia Sentimental. Transformações contemporâneas do desejo (Estação Liberdade, 1989, esgotado; 2a e 3a edições Sulinas, 2006) e, em colaboração com Félix Guattari, de Micropolítica. Cartografias do desejo (Vozes, 1986), cuja 7ª edição revista e ampliada (2005) foi publicada na Espanha (Traficantes de Sueños, 2006), Argentina (Tinta Limon, Situaciones, 2006), nos Estados Unidos (Semiotext/MIT, 2006), na França (Seuil, 2007) e na Coréia (B-Books, 2010). Tradutora, entre outros, dos Vol. III e IV de Mille Plateaux, de Deleuze e Guattari (Ed.34, 1997). Editora convidada da revista de arte espanhola Zehar (no. 51, 2003) e da canadense Parachute. Art Contemporain-Contemporary Art (no. 116, 2004).

Seus ensaios estão publicados em coletâneas  (entre as quais: Eric Alliez Edit, Gilles Deleuze. Une vie philosophique Paris: Les empêcheurs de penser en rond, Synthélabo, 1998; Terry Smith, Nancy Condee and Okwui Enwesor Edit, Antinomies of Art and Culture: Modernity, Postmodernity and Contemporaneity. Durham: Duke University Press, 2006); em revistas de arte e de cultura (entre as quais Multitude, Trafic, Chimères, Mouvement, Zero 2, Brumaria, Art Report 2001 Experiences, Trans, Artlies, Stretcher, Afterall, Discipline Filosofiche, Transform.eipcp.net/Transversal, Parkett, Material, Ramona, Topia, La Maga, Zona Erogena. Revista abierta de Psicoanalisis y Pensamiento Contemporâneo, Critérios, Tropico, Rizoma.net, Item, Imagens, Rua, Percurso, Rádio Nova – tendo ensaios publicados nos números de  5 revistas incluídos  no Documenta 12 Magazine Project); em catálogos de exposições em museus e centros de arte contemporânea (entre os quais: MacBa, Tapiès, MOCA Los Angeles, Museum of Fine Arts Houston, Museum Center for Curatorial Studies - Bard College, Drawing Center, National Museum of Women in the Arts, Tate Modern, Mac - galeries contemporaines de Musées de Marseille, Kunsthalle Fridericianum, MAM Bahia) e em catálogos de exposições internacionais (entre as quais: XXIV Bienal Internacional de São Paulo, XV Bienal de Paris, Documenta 12, InSite, VideoBrasil).

Vem realizando seminários e/ou conferências em universidades (entre as quais: Yale, NYU, Columbia, Pittsburgh, Louvain, La Cambre, Performing Arts Research Training Studios, The Royal Danish Academy of Fine Arts, Universidad Complutense de Madrid, Universidad Internacional de Andalucía, UIMP, Collège International de Philosophie, Paris VIII, Université Michel de Montaigne-Bordeaux, Université de Nantes, Goldsmiths College, FLACSO, Universidad de Buenos Aires, Universidad de Rosário, Universidad Autonoma de México), exposições e festivais internacionais (entre os quais: Documenta X, InSite, XXIV, XXVI e XXVII Bienais de São Paulo, Bienal de Istambul, Brussel 2000 - European City of Culture, Transitio_mx, Tanz in August Berlin, Global Dance Düsseldorf, Theater der Welt Cologne, Festival de Alkantara); museus e centros de arte (entre os quais: Phillips Collection, Reina Sofia, Extra City Beursschouwburg Anvers, Miami Art Central, Utopiana Yerevan, Muca México, Carrillo Gil, Fundação Calouste Gulbenkian, Museu Vale do Rio Doce, CCBB, SESC, MAM SP, Itaú Cultural, Dragão do Mar e os museus acima citados).

Conteúdo relacionado
Encontro Internacional de Curadoria
registrado em: ,