Você está aqui: Página Inicial / Eventos / Exposições / Documenta 12

A Documenta 12 no Fórum Permanente

Esta página reúne textos de apresentação, relatos e vídeos dos eventos relacionados à Documenta 12 (Kassel, Alemanha, 2007) no Brasil, além de reunir textos críticos sobre a exposição

 

Documenta: o quê, como, para quem?

  • local: Goethe Institut, São Paulo, 7 de dezembro de 2004
  • Palestra de Roger Buergel, curador / diretor artístico da Documenta 12, com a participação de Teixeira Coelho
  • A primeira pista que Buergel nos deixou sobre o que podemos esperar da Documenta 12 foi seu relato histórico a respeito da 1ª Documenta, em 1955. Contextualizou a criação da Documenta citando a situação da cidade de Kassel no pós-guerra. Durante o período nazista, Kassel foi uma referência como fonte de armamento, pois por ser rica em ferro, foi palco central da revolução industrial alemã com a construção de tanques e aviões. Por este motivo, a cidade foi foco dos bombardeios durante a 2ª Guerra mundial, tendo 95% de seus monumentos arquitetônicos destruídos, um dos quais é o primeiro museu europeu, o Museum Fridericianum.

 

O curador e os artistas

  • local: Goethe Institut, São Paulo, 6 de dezembro de 2004
  • Workshop com Roger Buergel, curador /  diretor artístico da Documenta 12, com a participação dos artistas Ricardo Basbaum e José Resende, mediação de Martin Grossmann
  • A Documenta não deve ser, segundo Buergel, um mostruário da arte contemporânea, mas sim uma busca genealógica daquilo que é contemporâneo. Invocando Foucault, pode-se concluir que a genealogia, aqui, significa procurar qual a proveniência das formas que entendemos por contemporâneas e qual jogo de forças que estão nesse provir. Forças reativas, baixas, de degenerescência da vida, ou forças ativas, nobres, de plenitude de vida? A genealogia é, em oposição à história, uma busca de procedências, de um tronco, de um jogo de forças distintas que fez emergir o contemporâneo, e não uma ficção construída para explicar racionalmente o encaminhamento das coisas.

 

Debate com Roger Buergel

  • local: Goethe Institut, São Paulo, 26 de outubro de 2007
  • Roger Buergel, diretor artístico da documenta 12 (Kassel, 2007), esteve em São Paulo, após a abertura de sua mostra em Kassel, para um debate crítico envolvendo profissionais de arte brasileiros que de alguma forma participaram da documenta, seja como artistas, como integrantes do projeto documenta 12 magazines, como críticos, como jornalistas, como público.
  • Esse encontro teve como debatedores Felipe Chaimovich, Graziela Kunsch, Lisette Lagnado, Suely Rolnik e Walter Riedweg com a moderação de Martin Grossmann.

Palestra de Roger Buergel: Discourse on the (Curatorial) Method

  • local: Pinacoteca do Estado, São Paulo, Brazil, 21 e 22 de novembro de 2005
  • CIMAM 2005 Annual Conference: Museums:Intersections in a Global Scene
  • De acordo com Buergel, a exposição tem sua dinâmica específica, é uma transmissão entre um aparato administrativo ——não no seu aspecto burocrático, mas na sua lógica, algo para exibir e público. Aqui há grande destaque à educação. Havendo algo para exibir, é importante trabalhar para manter isso vivo. A exposição é um meio, e a noção precisa ser ampliada, já que usualmente exposição ocorre em vitrinas, mostrando ser esta a lógica da exposição na vida diária das pessoas. A arte não está sozinha, devemos conceber a exposição em si mesma, focando a qualidade da articulação entre objetos, público e instituição.

[VIDEO]

Documenta 12 Magazines: Terceiro Encontro Transregional

  • local: Goethe Institut São Paulo, 8 de outubro de 2006
  • Em colaboração com os Institutos Goethe em Hong Kong, Nova Déli, São Paulo, Cairo e Nova York, representantes de mais de 80 periódicos e revistas impressas e online de todo o mundo, incluindo editores, escritores, teóricos e artistas, vêm sendo convidados pelo projeto documenta 12 magazines a explorar e discutir tópicos de interesse e relevância atual para a documenta 12 (mas não apenas), que focará nas três questões: "É a modernidade nossa antiguidade?" "O que é a vida crua?" e "O que pode ser feito?" (educação).

    A Experiência Educativa na Documenta 12 – Debate e oficina com Carmen Mörsch, pesquisadora do projeto educativo da Documenta 12

    • local: MAM - Museu de Arte Moderna de São Paulo, 8 de agosto de 2008
    • Pela primeira vez, a educação desempenhou um papel fundamental em uma Documenta. Carmen Mörsch apresentou quatro diferentes funções da educação em museus e galerias de arte e discutiu o conceito do programa educativo da Documenta 12 a partir desta perspectiva. A questão da participação significativa de audiências locais assim como as possibilidades de conceber a educação como uma prática crítica dentro de um evento internacional de arte de escala mundial foram abordadas. Na sequência, Carmen respondeu a perguntas formuladas por Stela Barbieri, Mila Chiovatto e Luciana Pasqualucci, coordenadoras das ações educativas do Instituto Tomie Ohtake, da Pinacoteca do Estado e do MAM, respectivamente. O debate foi mediado por Martin Grossmann, coordenador do Fórum Permanente e diretor do Centro Cultural São Paulo.
    • Relato Crítico, por Cayo Honorato

     

    Mesa Redonda sobre "Arte Contemporânea: Documenta 12 em foco"

    • local: PUC-SP, 22 de outubro de 2007
    • "Migração da forma" é o tema que norteou a 12a. edição da Documenta, uma das mais importantes exposições de arte contemporânea do mundo, que acontece a cada cinco anos na cidade de Kassel, Alemanha. O que parece singularizar a concepção desta Documenta foi a pretensão de esboçar uma genealogia descentrada do contemporâneo tomando como eixo de partida os vínculos sociopolíticos do projeto moderno. Qual é o papel da arte na contemporaneidade? A modernidade é nossa antigüidade? O que é a vida nua? O que deve ser feito (educação)? Estas entre outras questões semelhantes, presentes na 12a. edição da Documenta, fazem parte da Mesa redonda formada por:
    • Martin Grossmann, Nancy Betts, Ricardo Basbaum e mediação de Priscila Arantes e Sergio Basbaum .
    • Relato crítico, por André Mesquita

    [VÍDEOS] – 4 vídeos

     


    evento relacionais:

    Sobre o projeto The Next Documenta Should be Curated by an Artist,

    • curadoria de Jens Hoffmann para o site e-flux em 2003, com a participação de artistas como Marina Abramovic, John Baldessari, AA Bronson, Daniel Buren além dos brasileiros Laura Belém e Ricardo Basbaum:

     

    Você gostaria de participar de uma experiência artística?

    • Local: Paço das Artes, 10 e 12 de maio de 2007
    • Projeto de Ricardo Basbaum, artista selecionado para participar da Documenta 12 | evento triplo com Ricardo Basbaum

        Saiba Mais...

        Sobre Roger Martin Buergel e a Documenta 12

        Sobre a Documenta de Kassel: