Você está aqui: Página Inicial / Dossiês / MAR - Museu de Arte do Rio, vai fechar?

MAR - Museu de Arte do Rio, vai fechar?

MAR - Museu de Arte do Rio, vai fechar?

O Museu de Arte do Rio (MAR) - Divulgação

Por meio deste Dossiê você acompanha a trajetória, realizações, registros e últimos acontecimentos relacionados ao Museu de Arte do Rio (MAR) através de fotos, notícias, reportagens, ensaios e comentários sobre o Museu, suas exposições, administração e financiamento.

Inaugurado em 1º de março de 2013, o Museu de Arte do Rio promove uma leitura transversal da história da cidade, seu tecido social, sua vida simbólica, conflitos, contradições, desafios e expectativas sociais. Suas exposições unem dimensões históricas e contemporâneas da arte por meio de mostras de longa e curta duração, de âmbito nacional e internacional. O museu surge também com a missão de inscrever a arte no ensino público, por meio de sua Escola do Olhar.

O MAR está localizado na Praça Mauá, em dois prédios de perfis heterogêneos e interligados: o Palacete Dom João VI, tombado e eclético, que abriga as salas de exposição, e o edifício vizinho, de estilo modernista – originalmente um terminal rodoviário – onde a Escola do Olhar está instalada.

Com sua própria coleção – em processo de formação por meio de aquisições e doações correspondentes à sua agenda – o MAR conta também com empréstimos de obras de algumas das melhores coleções públicas e privadas do Brasil para a execução de seu programa.

Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação a partir do programa curatorial que norteia a instituição.

Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais – sob a forma de exposições, catálogos, programas em multimeios e educacionais, como recomenda a Unesco.

O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor, a Equinor como patrocinadora master, a Bradesco Seguros como patrocinadora, o BNDES como apoiador financeiro e a Rede D’Or São Luiz como apoiadora de exposições e o Itaú como apoiador por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

A Escola do Olhar conta com patrocínio da Prefeitura do Rio de JaneiroSecretaria Municipal de CulturaDataprevTNAGrupo In PressBNY Mellon, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS e do Machado Meyer Advogados via Lei Federal de Incentivo à Cultura. O MAR conta também com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e realização do Ministério da Cidadania e do Governo Federal do Brasil, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Fonte: http://museudeartedorio.org.br/o-mar/o-museu/

 


 

assine a petição em apoio ao MAR: https://change.org/MARVive

 

Aranhão de 700 Kg: Itaú Cultural leva Spider ao MAR

Por Diário do Porto em 28/11/2019.

Após protesto, Secretaria de Cultura promete repasse ao Museu de Arte do Rio na semana que vem

Nelson Gobbi para O Globo em 28/11/2019.

O MAR da Praça Mauá tem a sua morte anunciada

Coluna Na Cultura o Centro Está em Toda Parte da Rádio USP, Jornal da USP em 27/11/2019.

Abraçaço ao MAR (Museu de Arte do Rio) - 26/11/2019

Via facebook MAR VIVE.

'Não dá para fechar um museu com uma coleção de R$ 150 milhões', diz Carlos Gradim, diretor do MAR

Nelson Gobbi para O Globo em 12/11/2019.

Em crise, Museu de Arte do Rio dá aviso prévio a todos os funcionários

Por Gustavo Fioratti e Francesca Angiolillo para a Folha de São Paulo em 11/11/2019.

Conjunto de fotografias do Museu de Arte do Rio - 2013

Imagens internas relacionadas a exposição "o Abrigo e o Terreno" que ficou em cartaz de março a julho de 2013. Imagens ocasionais de Martin Grossmann.

5° Edição da disciplina "O Lugar, a Função e o Uso da Arte Contemporânea" Fórum Permanente em parceria com o MAR

Disciplina "O lugar, a função e o uso da arte contemporânea" idealizada e ministrada pelos professores Ana Maria Tavares e Martin Grossmann, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da ECA-Escola de Comunicações e Artes da USP-Universidade de São Paulo. Sua primeira edição se deu no ano de 2003.  A disciplina propõe analisar e discutir criticamente os contextos da criação, exposição, mediação e institucionalização relativos ao sistema atual da arte e da cultura tendo como contra­ponto situações específicas.   Nesta sua 5a edição, a disciplina terá como contraponto e também como parceiro o MAR-Museu de Arte do Rio de Janeiro. Esta instituição, recém criada, não só propõe um novo papel para o museu de arte nesta cidade como também dá inicio a um processo de revitalização cultural na cidade. Quatro aulas serão ministradas em São Paulo e o restante do curso, de modo imersivo e intensivo, ocorre no Rio de Janeiro de 21 a 26 de outubro tendo como base o próprio MAR.