Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2020 / 05 / Chamada aberta internacional: Direção Artística do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Chamada aberta internacional: Direção Artística do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

APRESENTAÇÃO

O Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) abre uma chamada internacional sul-americana para o cargo de Direção Artística do museu. As inscrições estarão abertas a partir de 3 de maio de 2020, data que o museu comemora 72 anos da sua fundação.

Para o cargo de Direção Artística será escolhido um profissional de nacionalidade brasileira ou estrangeira, desde que tenha visto de residência e trabalho no Brasil ou que tenha cidadania de um dos países do Mercosul (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai). O perfil desejado é de profissional com experiência comprovada e prática inovadora em curadoria, programação artística e gestão de projetos. Desejamos uma pessoa capaz de agregar de forma sensível e criativa a comunidade artística, ampliar a visitação do museu, proporcionar um espaço cada vez mais aberto à comunidade e elevar a importância do MAM Rio no cenário internacional.

A Direção Artística será responsável pela gestão das coleções de artes visuais, cinema e documentação do museu, pela curadoria e pelas iniciativas e os eventos dos departamentos de cinema, documentação e educação, além da parceria com a Residência Artística Internacional Capacete (capacete.org). Dialoga com a diretoria-executiva, curadores, gerentes e coordenadores.

Buscamos uma pessoa com o desejo e a capacidade de fortalecer a instituição em seu momento de transformação, conhecedora da história do MAM Rio e sensível a ela e seu contexto na cultura brasileira e no Rio de Janeiro. A presente seleção busca pessoas com interesse e especialização em artes visuais e cultura latino-americanas, tanto modernas quanto contemporâneas, capazes de articular também uma programação internacional em diálogo com outras partes do mundo. Buscamos uma pessoa com habilidades interpessoais e de comunicação, bem como entusiasmo para desenvolver uma programação sólida e original, que contribuirá para aumentar o alcance do museu ao proporcionar interesse para novos e diversos públicos.

Observando o compromisso da atual gestão com a transparência, o processo de seleção será conduzido por comitês de avaliação, em duas etapas diferentes. O detalhamento estará disponível neste website do museu. A todos os candidatos será garantida a confidencialidade integral e o respeito à propriedade intelectual dos anteprojetos e projetos a serem apresentados no processo.

SOBRE O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DO MAM RIO

Desde janeiro de 2020, a nova gestão do MAM Rio, liderada pelo diretor-executivo Fabio Szwarcwald, com o apoio do corpo de conselheiros do MAM e das demais áreas do museu, deu início a um processo de profunda transformação institucional envolvendo novas ideias, novos fluxos de trabalho e novas atitudes. Um movimento de potencialização das ações já realizadas no museu, em consonância com seu histórico, e de acolhimento de todos que desfrutaram da efervescência dos diversos espaços do MAM Rio, incluindo públicos que nunca visitaram a instituição.

É uma ação afirmativa que busca ampliar o relacionamento com a cidade do Rio de Janeiro, com base na trajetória de experimentação e ousadia do MAM. As ações do processo de transformação buscam coerência com o projeto original do museu, pautado pelo tripé arte-educação-cultura. Está sendo planejada a reabertura do Bloco Escola, espaço de aprendizado, discussão e criação artística, e da participação da Residência Artística Internacional Capacete, a mais antiga residência de arte do Brasil, que terá suas atividades, agenda e processos de pesquisa integrados ao museu. Com esses gestos, o MAM Rio assume uma plataforma de aprendizado vivo em âmbito nacional e internacional e amplia suas bases de diálogo e experimentação.

É parte da transformação do MAM atrair profissionais e parceiros que possam somar suas experiências e conhecimentos para construirmos novas formas de atuação que correspondam a uma presença contemporânea do museu em todas as suas dimensões, passando por uma renovação de seus conteúdos artísticos, digitais, educativos, comunitários, instigando relações urbanas locais, seu impacto social e inclusive sua sustentabilidade econômica.

Transformar significa tornar o museu mais aberto, com preocupação social, acolhimento, sustentável, digital, experiencial e humano. O objetivo é promover o trânsito entre as diversas expressões artísticas, eliminando fronteiras e gerando integração e inventividade entre gêneros e programas poéticos. 

___

Dúvidas:
FAQ – Perguntas frequentes
Email – chamada.aberta@mam.rio

Fonte e mais informações:https://www.mam.rio/chamada-aberta-direcao-artistica/

Conteúdo relacionado
Dossiê Pollock do MAM - RJ