Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias 2020 / 12 / Concurso Internacional – Museu da Imagem e do Som – Rio de Janeiro

Concurso Internacional – Museu da Imagem e do Som – Rio de Janeiro

Concurso de Projeto, em 07/08/2009. Atualizado em 13/08/2009.

O escritório de arquitetura americano Diller Scofidio + Renfro foi o vencedor do Concurso de Ideias, realizado para escolher o projeto arquitetônico da nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS), na Avenida Atlântica, em Copacabana. O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira no Palácio Laranjeiras pelo governador Sérgio Cabral na presença da secretária estadual de Cultura, Adriana Rattes, e do secretário-geral da Fundação Roberto Marinho, Hugo Barreto.

Os titulares do escritório são Elizabeth Diller, Ricardo Scofidio e Charles Renfro. Elizabeth Diller leciona na Princeton University. Charles Renfro é professor da Columbia University e Rice University, enquanto Ricardo Scofidio foi recentemente nomeado professor emérito da Cooper Union. Obras importantes: Blur Building – Expo Internacional 2002 (Suíça); The Brasserie (EUA); Eyebeam Institute (EUA); Institute of Contemporary Art (EUA) com Charles Renfro; High Line Park (Nova Iorque, EUA); e Lincoln Center (EUA).

Fontes: oglobo.globo.com e sidneyrezende.com

 

 

A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro, em parceria com a Fundação Roberto Marinho, está realizando concurso internacional de arquitetura por meio de convites para selecionar o projeto do MIS – Museu da Imagem e do Som, a ser construído na Avenida Atlântica, em Copacabana.

Segundo o portal do Governo do Rio de Janeiro, o concurso ” tem como um de seus objetivos tornar o MIS um ícone arquitetônico, de projeção nacional e internacional, para a cidade do Rio de Janeiro. O Museu será construído em um dos endereços mais importantes da cidade – a Av. Atlântica, em Copacabana – e deve se tornar o Museu da identidade carioca, caracterizada pela produção artística”.

Ainda segundo o Governo do RJ, “o novo MIS será – além de um centro de memória, conservação e estudos já consagrado – um Museu de fato. Seu acervo será exibido de forma moderna, fazendo uso de novas mídias e da mais alta tecnologia, e interativa, com a intenção de encantar seus visitantes”.

Os critérios utilizados para avaliar os projetos são: inovação e originalidade tecnológica e estética; adequação física e estética ao local; atendimento aos parâmetros estabelecidos no programa funcional; exequibilidade do projeto e atendimento aos parâmetros de sustentabilidade, tais como eficiência energética e do uso de água, e acessibilidade universal, ou seja, facilidade de acesso para todos os usuários e portadores de deficiência.

O projeto vencedor foi anunciado no dia 10 de agosto de 2009.

Veja abaixo os projetos finalistas:

__________________________________________________________________________________

Bernardes & Jacobsen

Clique no link ou imagem para mais informações sobre o projeto.

__________________________________________________________________________________

Brasil Arquitetura

Clique no link ou imagem para mais informações sobre o projeto.

__________________________________________________________________________________

Daniel Libeskind


__________________________________________________________________________________

Diller Scofidio + Renfro

Clique no link ou imagem para mais informações sobre o projeto.

__________________________________________________________________________________

Isay Weinfeld


__________________________________________________________________________________

Shigeru Ban


__________________________________________________________________________________

Tacoa Arquitetos


__________________________________________________________________________________

Fontes: uol.com.br, PINIweb.com.br, Governo do Rio de Janeiro