Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / 03 / Experiências Negras

Experiências Negras

Instituto Tomie Ohtake, em 03/2021.

Fonte: https://www.institutotomieohtake.org.br/participe/interna/experiencias-negras

O Núcleo de Cultura e Participação do Instituto Tomie Ohtake, por meio da equipe de Ação e Pesquisa Educativa, realiza o projeto Experiências Negras, que está em sua quarta edição. O projeto apresenta debates protagonizados por pessoas negras, atuantes nas diversas áreas da arte e da cultura, buscando contribuir para a construção teórica e ressignificação de narrativas não homogêneas, em busca de uma sociedade antirracista.

A realização do projeto tem origem na mesa de debate O corpo negro na prática educativa de museus e instituições culturais, desenvolvida pela educadora Jordana Braz e a curadora Luciara Ribeiro como parte da programação do Mês da Consciência Negra, em novembro de 2018.

O projeto Experiências Negras é composto por uma websérie no canal do IGTV do Instituto, publicações digitais e mesas de debates e lives. Veja o primeiro episódio da websérie, nele Jordana Braz e Luciara Ribeiro contam sobre o projeto.

Confira abaixo todas as edições!

4ª EDIÇÃO: Artistas: produzindo em tempo de distanciamento

A quarta edição do projeto, ocorrida no segundo semestre de 2020, contou com um ciclo de conversas com os(as) artistas Keila Serruya Sancova, Nú Barreto e Rúben H. Bermúdez, a partir de suas vivências nas cidades de Manaus, Paris e Madri, respectivamente, os(as) três artistas refletiram sobre o distanciamento social, as mobilizações em escala global que insurgem contra violências raciais, e como suas poéticas e obras se relacionam com o período atual. As conversas deram origem à publicação que possui obras e textos exclusivos dos(as) artistas e conta também com textos de mediação escritos pelos pelos(as) educadores(as) do Instituto Tomie Ohtake.

Publicação digital


Live 1

Live 2

Live 2 - Parte I

Live 2 - Parte II

Live 3

 

3ª EDIÇÃO: Novas Curadorias Femininas

A terceira edição do projeto, ocorrida em 10 de agosto de 2019 contou com a presença de curadoras atuantes em diversas áreas da cultura, Carollina Lauriano, Horrana Santoz, Ketty Valencio e mediação de Ana Paula Lopes. O encontro originou o 3º volume da websérie e publicação digital, Novas curadorias femininas.

Publicação digital

Episódio 3

 

2ª EDIÇÃO: Coletivos de artistas negros e negras: projeções para as artes contentporâneas A segunda edição do projeto, ocorrida em 15 agosto de 2019, teve como temática o debate sobre coletivos de artistas negros e negras, e contou com a presença dos(as) artistas Andrea Mendes, do coletivo Pretas Incorporações; Ina Henrique Dias, do coletivo Afrotometria; Keyna Eleison, do coletivo de mulheres artistas TROVOA, Peter de Brito, da ação performática Presença Negra; e mediação da curadora do Instituto Tomie Ohtake, Luciara Ribeiro. O encontro originou o 2º volume da websérie e publicação digital, Coletivos de artistas negrxs: projeções para as artes contemporâneas.

Publicação digital

Episódio 2

 

1ª EDIÇÃO: O corpo negro na prática educativa de museus e instituições culturais

A primeira edição do projeto, ocorrida em novembro de 2018, teve como foco de discussão as experiências e reflexões de educadores e mediadores negros(as). Realizada em 24 de novembro, a mesa contou com a presença dos(as) educadores(as) Ana Paula Lopes, Juba Duarte e Uilton Jr, e mediação de Luciara Ribeiro e Jordana Braz. O encontro originou o 1º volume da websérie e publicação digital, O corpo negro na prática educativa de museus e instituições culturais.

Publicação digital

Episódio 1

 

O projeto Experiências Negras é realizado pelo Núcleo de Cultura e Participação do Instituto Tomie Ohtake, foi criado em 2018 por Jordana Braz e Luciara Ribeiro. Atualmente conta com a coordenação conjunta de Jordana Braz, Luara Carvalho, Isadora Mellado e Felipe Arruda.

----

Esse projeto é parte do programa Experiências em Mediação, realizado pela equipe de Ação e Pesquisa Educativa. O programa desenvolve ações e projetos em mediação e arte-educação protagonizadas por educadoras e educadores da equipe. Cada educador desenvolve pesquisas que tocam pontos importantes da cultura, das artes e educação, explorando formatos e plataformas para além de visitas mediadas a diversos públicos.


Fonte: https://www.institutotomieohtake.org.br/participe/interna/experiencias-negras