Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2021 / 11 / Nota de falecimento de Jaider Esbell do Presidente da Fundação Bienal de São Paulo

Nota de falecimento de Jaider Esbell do Presidente da Fundação Bienal de São Paulo

José Olympio da Veiga Pereira no Instagram da Fundação Bienal de São Paulo, em 02/11/2021.
Nota de falecimento de Jaider Esbell do Presidente da Fundação Bienal de São Paulo

📸 MAM São Paulo/Karina Bacci

Fonte:https://www.instagram.com/p/CVywtgcDykN/

Fundação Bienal de São Paulo lamenta imensamente o falecimento de Jaider Esbell e solidariza-se com seus familiares, amigos e colegas. Artista, escritor, curador e ativista macuxi, Esbell teve um papel central no movimento de consolidação da arte indígena contemporânea no Brasil. Com clareza e generosidade, tornou-se um dos principais porta-vozes dos artistas de povos originários, estabelecendo pontes e trocando saberes com o circuito institucional da arte contemporânea. Na 34ª Bienal de São Paulo, sua contribuição se estendeu para muito além da apresentação de seus próprios trabalhos, envolvendo intensas trocas com os curadores e outros artistas da mostra, uma atuação curatorial histórica na exposição coletiva organizada em parceria entre a Bienal e o Museu de Arte Moderna de São Paulo, e o desenvolvimento de ações na programação pública da Bienal em colaboração com outros artistas. Jaider Esbell foi, acima de tudo, um articulador, uma pessoa de grande generosidade e dedicação, que agregava sujeitos, afetos e saberes. Sua falta será profundamente sentida, não apenas por aqueles que eram próximos a ele, mas também por todos que acreditam na luta, que ele liderava, pelo reconhecimento da importância das culturas, da produção artística e da própria vida dos povos originários. Faz escuro, ainda mais escuro hoje…

Como você diria: Gratidão, Jaider. ❤️

José Olympio da Veiga Pereira
Presidente – Fundação Bienal de São Paulo

Fonte:https://www.instagram.com/p/CVywtgcDykN/