Você está aqui: Página Inicial / Rede / Rede: Brisanoronha

Rede: Brisanoronha

Rede: Brisanoronha

Montagem com telas de Brisa Noronha. 40 x 250 cm.

O módulo Rede reúne os registros de acontecimentos artísticos, institucionais, debates e produções teóricas sobre o mundo das artes e da cultura no Brasil. Articula os diversos colaboradores do Fórum Permanente por meio da exposição, documentação e reprodução de seus trabalhos.

Como parte da proposta curatorial da Jornada da Quarentena #05, a artista Brisa Noronha foi convidada para expor seu trabalho desenvolvido em 2020.

A montagem editorial-curatorial da Jornada de Quarentena #05 olha para alguns momentos distintos da ideia de projeto, arquitetônico ou pictórico, em seus interstícios e mesmo através de suas variações linguísticas: do hispânico dibujo (s.m. esboço, croqui, esquema) ao anglo-saxão design (s.m. esquema, esboço, projeto). As linhas traçadas no papel ou na tela que representam de alguma maneira distintos espaços para distintos objetivos ganham uma espécie de paridade imaginativa, em que, pelo caminho de ir e vir do trabalho de arte à realidade, assim como da realidade à obra de arte, passamos a perceber outras materialidades, desejos e projeções, assim como se evidenciam as presenças e ausências que constituem os nossos espaços arquitetônicos e nossos espaços museais. Procuramos evidenciar, olhando para os interstícios entre pintura e arquitetura, como e em que momento vai se formando aquilo que seria o nosso desígnio.

Artista convidada: Brisa Noronha

Trabalhos apresentados: Série de pinturas: Brisanoronha, Sem título, 2020. Óleo sobre linho, 40 x 250 cm;  e um vídeo:  Brisa Noronha, Sem título, 2020 (3'15").

Rede: Brisanoronha

Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 35 x 40 cm e Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 28 x 35 cm.

Rede: Brisanoronha

 

Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 35 x 28 cm e Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 35 x 28 cm.

 

Rede: Brisanoronha

 

Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 28 x 35 cm e Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 35 x 28 cm.

 

Rede: Brisanoronha

 

Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 40 x 35 cm e Brisa Noronha, Sem título, 2020. Óleo sobre tela, 35 x 40 cm.

 

 

Brisanoronha, Sem título, 2020. Óleo sobre linho, 40 x 250 cm

“A construção civil nunca parou na quarentena. Nesse período, a partir da observação de dois canteiros de obras que se mantiveram ativas, apresento uma série de registros onde exploro gestos, formas, ordenação dos materiais e rastros humanos ausentes. Nas pinturas, as referências para o cenário, os cantos, os ângulos e as portas, provem de uma construção que já se encontra em estágio final. Já os objetos escultóricos que habitam ali, tem como referencial as ferragens, estruturas para receber concreto e canos de uma outra obra, ainda em estágio inicial. Essa operação, de tornar visível o que sustenta a construção de  um abrigo, transformando materiais estruturais em objetos quase decorativos, reflete  uma inversão lógica das coisas, investigando questões de escala, bem como oposições entre visível e invisível, presença e vazio, materialidade e virtualidade, real e imaginário.”

Brisa Noronha, Sem título, 2020