Você está aqui: Página Inicial / Pessoas / Ivo Mesquita

Ivo Mesquita

Vive em São Paulo. Curador independente.

Formado em Jornalismo (1972) e com um bacharelado em História da Arte (1975) pela Universidade de São Paulo. Ivo também defendeu seu mestrado nesta mesma universidade.

Diretor Artístico da Pinacoteca do Estado (2012-2015) e curador-chefe do mesmo museu de 2002 a 2012. Foi Curador-chefe da 28ª Bienal de São Paulo (2008).

Foi Diretor Artístico do Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM 2001-2002 ; Diretor Artístico da Fundação Bienal de São Paulo de 1999 a 2000.

Das muitas exposições que idealizou e desenvolveu como curador, destacam-se:  F[r]icciones, Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía, Madri 2000 e Cartographies, Winnipeg Art Gallery, Canadá 1993.

Desde 1996 e por mais de uma década, foi professor visitante no Centro de Estudo de Curadoria do Bard College, Nova Iorque, EUA, o primeiro programa de mestrado para formação de curadores de arte contemporânea nesse país.

Mesquita foi um dos organizadores da Conferência Anual do CIMAM 2005: “Museums: Intersections in a Global Scene”, que aconteceu nos dias 21 e 22 de novembro de 2005, na Pinacoteca do Estado. Este evento foi o primeiro a receber uma cobertura crítica idealizada e produzida pelo Fórum Permanente. Também organizou em 1994 o seminario Multiculturalismo e a Visualidade Contemporânea (Jornal o Estado de São Paulo, São Paulo) e em 1991 o Simpósio Arte e Identidade na América Latina no Memorial da América Latina, São Paulo.

Foi um dos curadores do segmento Roteiros. Roteiros. Roteiros. Roteiros. Roteiros. Roteiros. Roteiros da 24ª Bienal de São Paulo em 1998. Essa mostra foi idealizada por Paulo Herkenhoff e Adriano Pedrosa (curadores-chefes) como uma cosmografia, ou um panorama abrangente da arte em fins do século 20. Com Sônia Salzstein-Goldberg foi curador da mostra especial Imaginários Singulares da 19ª Bienal de São Paulo em 1987. Com Stella Teixeira de Barros foi curador da mostra Expressionismo no Brasil: Heranças e Afinidades na 18ª Bienal de São Paulo. Ivo Mesquita, nas 16ª & 17ª Bienais de São Paulo, em 1981 e 1983, respectivamente, foi responsável pela documentação e catalogação dessas mostras.